você é um empata?

faça o teste

Será que você é um empata/medium?

 

Já falaram para você que é “sensível demais”, ou que precisa ser mais duro com as coisas?

Costuma se sentir exausto e ansioso depois de ter dividido um espaço com multidões, ou com certas pessoas?

Você tem muita sensibilidade à luz, ao som e ao cheiro?

Ou talvez você demore mais tempo para relaxar após um longo dia de trabalho?

Se você respondeu “sim” a essas perguntas, você pode ser um empata.

Para determinar o quão empata você é, faça o seguinte teste de autoavaliação:

Mais sobre os Empatas!

 

Ser um Empata/Medium é diferente de ser empático. Ser empático é quando o seu coração pode ser “colocado no de outra pessoa”, é alguém com enorme facilidade de se colocar no lugar do outro. Já ser um Empata significa que você pode realmente sentir a felicidade, ou a tristeza, de outra pessoa em seu próprio corpo.

Nos Empatas, o sistema de “neurônios espelho” do cérebro, um grupo de células especializadas responsáveis ​​pela compaixão, é considerado hiperativo. Como resultado disso, os Empatas podem, realmente, absorver as energias das outras pessoas (positivas e negativas) em seus próprios corpos. Às vezes, pode até ser difícil dizer se você está sentindo suas próprias emoções, ou as de outra pessoa.

Existem diferentes tipos de sensibilidades que um Empata pode experimentar. As sensações físicas, por exemplo, estão especialmente sintonizadas com os sintomas físicos de outras pessoas e as absorvem em seus próprios corpos. Empatas emocionais captam as emoções das pessoas e se tornam uma esponja para seus sentimentos, tanto felizes, quanto tristes. Os Empatas alimentares estão sintonizados com a energia dos alimentos e podem, até mesmo, sentir sensibilidades a certos alimentos.

Ser um Empata tem benefícios incríveis, como maior intuição, compaixão, criatividade e uma conexão muito mais profunda com outras pessoas. Mas viver nesse estado de alta sensibilidade também vem com seus desafios: como ficar facilmente sobrecarregado, superestimulado, exausto ou absorvendo o estresse e a negatividade dos outros.

Se uma pessoa não está ciente de que é um Empata, suas interações cotidianas, que outras pessoas consideram toleráveis, podem estar causando e criando stress. Aqueles que não estão cientes de suas habilidades podem estar inclinados a usar os alimentos, o álcool, ou as drogas para, inconscientemente, entorpecer suas emoções.

Os empatas são o remédio que o mundo precisa e eles podem ter um profundo impacto na humanidade com sua compaixão e compreensão. Ao aprender a identificar seus talentos especiais, o Empata descobrirá que não apenas enriquece sua vida, mas também pode enriquecer a vida dos outros. A principal habilidade é aprender como se encarregar de suas sensibilidades e treinar estratégias específicas para evitar a sobrecarga de empatia.

Tradução: Renata Sommer

Fonte: Judith Orloff M.D. 

FALE COM A KATIA!

contato@empatas.com.br  - © 2020 por Katia Di Giaimo. Mediunidade, Empatas, Medium Esponja - Agência Uru