Empatas! Quando pedir ajuda?



Sem dúvidas ser uma pessoa Empata traz muitos desafios e é preciso identificar as situações do cotidiano que nos afetam!


Cada dia ouço mais e mais relatos de contaminação energética, pessoas que adoeceram e nem imaginam o porquê, sentimentos de mágoa, tristeza, ou raiva.


Esses sentimentos podem ir aos poucos danificando nossos chacras e os campos energéticos até atingir nossos órgãos físicos. Acabamos adoecendo justamente porque não prestamos atenção nas energias que foram nos contaminando lentamente.


A condição energética do mundo anda bem complicada.


Somos criados para enfrentar todos os tipos de problemas, só que quando nosso emocional fica abalado parece que toda razão vai embora.


Afinal, quando devemos pedir ajuda?


Quando percebemos que não conseguimos dar conselhos a nós mesmos, nossa voz interna está tão embrutecida que ao invés de ajudar, só piora.


Quando tenta no seu silêncio interno, abaixar o som da mente que parece no último volume falando sem parar e as piores coisas de você mesmo.


Quando você percebe que apesar de todas as tentativas de auto ajuda, cursos, amizades, nada está realmente te ajudando de fato.


Hora de fazer uma autorreflexão profunda para identificar porque chegou ao ponto que está agora.

O que desencadeou tudo isso?


A felicidade está disponível para todos, assim como o amor, e a celebração à vida também estão.


É preciso aguçar todos os sentidos e monitorar a si mesmo buscando compreender o que está acontecendo.


Pode ser que esteja de frente com a sua alma te propondo um despertar espiritual maravilhoso. Que mesmo com todos os problemas que esteja enfrentando, é apenas um chamado de sua alma te convidando a trabalhar para sua própria melhora e evolução.


#empatas #empata #katiadigiaimo #autoajuda #ajudaemocional #empatia #Sensitivos #mediuns #mediunidade

51 visualizações0 comentário